270_3.jpg

Estação Covelo - E. de Couce - E. Castelo de Aguiar do Sousa - Porto

Desde o início do projeto Rede de Estações de Borboletas Nocturnas, em 2021, que o Parque das Serras do Porto possui a sua própria estação perto da aldeia de Couce, em Valongo. Em 2022, decidiu expandir o esforço de amostragem com mais duas estações nos restantes concelhos constituintes da Paisagem Protegida, Gondomar e Paredes, ambas junto ao rio Sousa em Covelo e no castelo de Aguiar do Sousa. Estas foram estabelecidas com o objetivo de inventariar a fauna de borboletas noturnas, existente em três locais emblemáticos do parque, e monitorizar essa mesma fauna a longo-prazo.

 

As três estações operam com base em armadilhas do tipo Skinner, equipadas com luz ultravioleta. Estas são colocadas em zonas de transição entre ambiente florestal e espaços mais abertos como matos e prados.

284768729_689523098775475_5541030714008499977_n.jpg
285279524_588422452464356_6229539193482546367_n.jpg

Violaphotia molothina

Durante o primeiro ano foi possível registar 303 indivíduos pertencentes a 101 espécies diferentes. Já este ano, apenas nos primeiros três meses de amostragem, já foi possível registar 49 espécies. Aqui destaca-se o recente registo da espécie Violaphotia molothina (Esper, 1789) em Aguiar de Sousa [na foto]. Esta depende de zonas de matos baixos com presença de torga, habitat e planta amplamente distribuídos pelo Parque. Voa apenas na primavera.

http://serrasdoporto.pt

Responsável: João Nunes