270_3.jpg

Estação Geraldes - Leiria

A minha estação encontra-se numa pequena varanda em Geraldes, freguesia de Atouguia da Baleia, concelho de Peniche, e usa uma armadilha construída com um balde e uma lâmpada actínica de 20 W para atrair as borboletas. Em torno da varanda podemos observar apenas dois campos agrícolas, onde se produzem couves-coração e abóboras, e uma pequena mancha verde com plátanos, pinheiros e eucaliptos.

Soube da existência da rede de estações depois de ter participado numa sessão que o Helder Cardoso realizou na Reserva Natural das Berlengas. A sua explicação sobre o fascinante mundo das borboletas noturnas, a metodologia usada na sessão, e os pormenores a ter em conta na identificação das espécies, despertou o meu interesse de participar e aprender.

WhatsApp Image 2021-12-07 at 20.23.25.jpeg
ge_1.jpg

Em dezembro de 2021 aderi à Rede de Estações de Borboletas Noturnas. Inicialmente achei que dificilmente iria ter sucesso em conseguir atrair as borboletas, uma vez que vivo numa zona urbana com poucos espaços naturais e a “poluição luminosa” dos candeeiros de rua à noite é bastante notória. Qual não foi o meu espanto e alegria, quando percebi que na minha primeira sessão consegui observar 6 indivíduos de espécies diferentes. Desde de dezembro até agosto de 2022, consegui registar na estação 19 espécies em 8 sessões. Admito que nunca esperei conseguir este número de espécies em tão poucos meses.

Estes últimos meses têm sido de muita aprendizagem, fotografias e diversão.

Mythimna unipuncta  (Haworth, 1809)

Responsável: Nuno Dias